Site desenvolvido pela Seção de Afetos Negativos e Processos Sociais (SANPS), UFRGS, Porto Alegre, Brasil. sanps.ufrgs@gmail.com

Saúde Mental na Escola

Material Psicoeducativo para Professores

O propósito deste material, construído por profissionais da saúde e da educação, é orientar o professor na identificação das diferentes situações que envolvem as questões de saúde mental na infância e na adolescência no cotidiano escolar.

 

Além disso, visa instrumentalizar os devidos encaminhamentos para atendimentos especializados e redes de apoio para os casos em que se observam situações atípicas no desenvolvimento dos alunos.

Saúde mental é um estado da mente que permite que a pessoa experimente emoções, pensamentos, comportamentos e relacionamentos na vida com equilíbrio. A saúde mental é tão importante quanto a saúde física para se ter uma vida com qualidade, pois estão inter-relacionadas.

Emoções são sentimentos. Incluem tristeza, angústia, apreensão, alegria, medo, raiva e euforia.

 

Pensamentos são ideias. Podem ser positivos, como o pensamento de fazer algo de bom para os outros, ou negativos, como o de fazer algo de ruim para os outros.

 

Comportamentos são ações, atitudes, respostas ao ambiente. Podem ser adaptativos, como cooperar, ajudar aos outros, ou desadaptativos, como agredir, isolar-se, etc.

Saúde mental é um estado da mente que permite que a pessoa experimente emoções, pensamentos, comportamentos e relacionamentos na vida com equilíbrio. A saúde mental é tão importante quanto a saúde física para se ter uma vida com qualidade, pois estão inter-relacionadas.

Alunos que possuem uma boa saúde mental são aqueles que lidam bem com as emoções, têm pensamentos e ideias que levam a uma vida produtiva e com sentido, e comportamentos que promovem uma conexão com os outros.

 

Alunos com boa saúde mental apresentam uma boa integração com a sua comunidade, fazem bom uso da escola como local de aprendizagem e socialização, têm amigos com quem compartilhar as conquistas e os desafios e um bom relacionamento com familiares, além de condições de aproveitar atividades de lazer.  Estes alunos têm capacidade de resiliência frente às adversidades, perdas e frustrações.

 

Alunos que apresentam problemas de saúde mental são aqueles que têm dificuldades em lidar com as emoções, têm pensamentos e ideias inadequadas, e comportamentos que levam ao isolamento ou a problemas na interação social.

 

Alunos com problemas de saúde mental apresentam dificuldades de integração com a sua comunidade, especialmente na escola, ficam isolados, não convivendo adequadamente com a família e não conseguem aproveitar atividades de lazer, por uma desorganização psíquica, que se manifesta de diferentes formas: surtos, crises de choro, euforia, ausência e agressividade.

 

A saúde mental é um continuum e tem duas direções.

Saúde mental não é algo que se tem ou não se tem. As pessoas têm níveis de saúde mental que diferem uns dos outros ou que diferem entre si. Isto é, trata-se de uma dimensão ou um continuum.

Para o professor é imprescindível reconhecer os potenciais problemas de saúde mental na infância e na adolescência, identificando as habilidades do aluno e reforçando os aspectos positivos do seu funcionamento.

Sumário da natureza

Identificando problemas de saúde mental  

Muitas vezes, para potencializar o desenvolvimento saudável e lidar com problemas de saúde mental é importante focar nas habilidades e talentos do aluno. São exemplos de habilidades:

  • Habilidades sociais, tais como empatia, fazer as pessoas se sentirem bem, solidariedade;

  • Habilidades esportivas;

  • Talentos culturais (música, dança, etc.);

  • Capacidade de ouvir e se importar com os outros;

  • Capacidade de tolerar o estresse e manter-se bem em situações difíceis;

  • Capacidade de enfrentar os medos;

  • Capacidade de respeitar os outros;

  • Capacidade de pensar, respeitar e questionar as regras da escola de uma maneira produtiva.

  • Black YouTube Icon
  • Preto Ícone Twitter